Background_3.png

DTM e laserterapia

O laser de baixa intensidade é bastante utilizado no tratamento das DTMs (Disfunções Temporomandibulares).

Trata-se de um recurso de fototerapia utilizado com fins terapêuticos.

           O laser utilizado no tratamento das DTMs é de baixa intensidade, podendo ser laser vermelho, com o comprimento de onda de 660 nm +- 10 nm, e o infravermelho, com o comprimento de onda de 808 nm +- 10 nm.

           Os efeitos que a aplicação do laser de baixa intensidade promove são: diminuição do nível de dor, redução do processo inflamatório, aumento da mobilidade para abertura da boca, estimulação do reparo tecidual, diminuição da tensão muscular, cicatrização de lesões na boca, recuperação de lesões decorrentes da osteonecrose.

           A aplicação do laser é local, indolor e rápida.

           A dosagem, e o número de aplicações depende da avaliação da lesão, do objetivo do tratamento e da resposta do organismo ao tratamento.

           O laser de baixa intensidade é contra indicado nos seguintes casos: sobre o útero gravídico, neoplasia na região a ser irradiada, lesões clínicas sem diagnóstico, sobre a pele que faz uso tópico de substâncias fotossensíveis (ex: isotretinoína, ácido retinóico).

           Portanto, o laser é um grande aliado no tratamento das DTMs.

Para agendar uma avaliação

Icones_mulher.png

Profissional responsável pelo tratamento

Cássia Moura Andrade – CREFITO: 10031

Especialista em DTM Laserterapia

  • Formada pela UniSalesiano – Lins/ SP

  • Pós Graduação na Universidade Federal de São Paulo e na Faculdade Inspirar/Curitiba

  • Especialização em RPG e Pilates

  • Fisioterapia nas especialidades de: Bucomaxilofacial, Disfunções da ATM, Quiropraxia Instrumental,

Gerontologia, Respiratória, Paralisia Facial e Zumbido Somatossensorial.

Conheça melhor a nossa equipe
BOTÃO1_Prancheta 1.png
Botão WhatsApp 2_Prancheta 1.png